Termina greve da polícia de Palmas

Terminou a greve dos policiais militares em Tocantins. O Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual conseguiram negociar com os grevistas o fim da paralisação. Houve a rendição de três militares, líderes do movimento, que estão sendo levados para a sede da Procuradoria do Estado. Os policiais militares estavam amotinados há 12 dias no 1º Batalhão da PM, em Palmas.O Exército vai ocupar agora o prédio e as famílias dos policiais militares, que também participaram da greve, já começam a retornar para casa. Não houve negociação com o governo sobre reajuste salarial. Mas o governo do Estado já demonstrou interesse em negociar.O Comandante Militar do Planalto, general Sérgio Cordeiro, participou das negociações para o término da greve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.