Adriano Machado/Reuters - 8/11/2018
Adriano Machado/Reuters - 8/11/2018

Tereza Cristina anuncia dois secretários como 'vice-ministros' da Agricultura

Segundo futura ministra, assumirão os cargos o presidente União Democrática Ruralista (UDR), Nabhan Garcia, e deputado federal Marcos Montes (PSD-MG)

Gustavo Porto, O Estado de S.Paulo

27 Novembro 2018 | 17h23

BRASÍLIA - A futura ministra da Agricultura, deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS), disse nesta terça-feira, 27, que o novo organograma da Pasta prevê dois 'vice-ministros' com o mesmo status diferenciado de poder, um nível acima dos secretários. Os cargos serão ocupados pelo deputado federal Marcos Montes (PSD-MG), indicado para ser o vice-ministro executivo, e o presidente União Democrática Ruralista (UDR), Nabhan Garcia, o futuro vice-ministro de assuntos fundiários. 

Segundo a ministra, a ideia já é desenvolvida pelo futuro ministro da superpasta da Economia, Paulo Guedes, cuja estrutura de comando irá englobar outros ministérios. Além dos dois vices, o organograma da Agricultura incluirá a Secretaria de Defesa Agropecuária, de Política Agrícola, de Relações Internacionais do Agronegócio, de Tecnologia, e da Agricultura Familiar e da Pesca, que serão incorporadas. 

"Vamos mudar muitas coisas porque vamos juntar três ministérios em um, com a vinda da Agricultura Familiar, da Pesca e o próprio Ministério da Agricultura", afirmou Tereza Cristina após reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), em Brasília.

Ela disse que conversou rapidamente com Guedes sobre questões orçamentárias e de financiamento agrícolas. "Mas não tivemos ainda a reunião que deveríamos ter (por causa do desenho do futuro governo)." "Por enquanto, cada um está cuidando da caixinha e existe equipe central que recebe informações para colocar na legalidade para dar a moldura institucional", afirmou.

Nabhan Garcia comentou as atribuições no futuro cargo e afirmou que a 'reforma agrária brasileira nos últimos 30 anos é fracassada'. Leia a entrevista do futuro vice-ministro de assuntos fundiários da Agricultura ao 'Estado'.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.