Teotônio libera reajustes de servidores em Alagoas

O governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) anunciou nesta segunda-feira que será efetivado ainda nesta noite o depósito nas contas dos servidores do restante da folha salarial de dezembro de 2006, com a reposição dos reajustes de todas as categorias e os 20% referentes à isonomia da educação. Os reajustes foram suspensos no dia 16, por força do decreto 3.555/2005 publicado no Diário Oficial do Estado. A devolução dos reajustes deixa de fora os professores, e por isso as demais categorias continuam em greve, em solidariedade aos servidores da educação. O atraso dos pagamentos de dezembro ocorreu em função da necessidade do reprocessamento de toda folha salarial das faixas ainda pendentes, para fazê-lo de forma integral, assim como a folha suplementar de todos que já haviam recebido, segundo compromisso do governador junto aos servidores. Além disso, também causou transtornos ao cumprimento desta determinação o fato das instalações da Secretaria da Fazenda estarem ocupadas, e interditadas a seus funcionários. O governo informou ainda que apenas com a desocupação do prédio haverá o completo restabelecimento dos trabalhos da pasta. Teotônio conseguiu na Justiça a desocupação do prédio, tomado desde sexta-feira, mas os servidores decidiram permanecer até terça. Segundo o governo, apesar dos naturais percalços decorrentes do descumprimento dessa determinação da Justiça, praticamente todos os serviços estão sendo mantidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.