Ed Ferreira|Estadão
Ed Ferreira|Estadão

Teori libera para julgamento denúncia contra deputado do PP

Nelson Meurer (PP-PR) e seus dois filhos, Nelson Meurer Júnior e Cristiano Augusto Meurer foram denunciados pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva esquema de corrupção na Petrobrás

Isadora Peron e Gustavo Aguiar, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2016 | 17h43

BRASÍLIA - O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Teori Zavascki, liberou para a pauta de julgamento a denúncia contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR) e seus dois filhos, Nelson Meurer Júnior e Cristiano Augusto Meurer.

Os três foram denunciados pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. A previsão é que o caso seja julgado pela Segunda Turma do STF no dia 21 de junho.

Na denúncia oferecida em outubro do ano passado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que Meurer fazia parte do esquema de corrupção sustentado pelo PP na Petrobrás. O grupo teria desviado R$ 357,9 milhões dos cofres da estatal, dos quais R$ 29 milhões teriam ficado com o parlamentar.

Até agora, o único réu na Lava Jato no Supremo é o presidente da Câmara afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Caso o STF aceite a denúncia, Meurer será o primeiro parlamentar do PP a responder a uma ação penal por conta dos desvios na Petrobrás.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.