Tempo 'imprevisível' retém parlamentares na Antártida

Senador Casagrande e 12 deputados federais estão na base aérea chilena no continente gelado

Paulo Zulino, da Agência Estado, Agencia Estado

28 de janeiro de 2008 | 15h38

O senador Renato Casagrande (PSB-ES), relator da Comissão Mista Especial de Mudanças Climáticas, disse em entrevista concedida à Agência Senado que a volta ainda hoje da comitiva de parlamentares que foi visitar a Antártida depende das condições do clima local, que é "totalmente imprevisível". Ele e 12 deputados federais estão na base aérea chilena no continente gelado. O senador contou que durante a manhã o tempo esteve mais aberto, mas que depois tornou-se "muito fechado". "Estamos tranqüilos e bem instalados aqui (na base chilena Presidente Eduardo Frei). A demora não tira o brilho da visita, que foi excepcional" observou Casagrande.Casagrande e os deputados foram à Antártida convidados pela Marinha do Brasil, por meio da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM), para acompanhar o trabalho desenvolvido na Estação Antártica Comandante Ferraz, sede das atividades brasileiras do Programa Antártico Brasileiro (Proantar). A finalidade dessa iniciativa foi a de incentivar a troca de informações e o apoio logístico à estação. Apesar dos transtornos para retornar ao Brasil, Casagrande ressaltou que a visita à base brasileira na Antártica foi positiva. O senador disse que os parlamentares conheceram, de forma detalhada, o trabalho de pesquisa realizado na região.Além de Casagrande, integram a comitiva de parlamentares o 2º vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados, deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), e os deputados Moreira Mendes (PPS-RO), Lelo Coimbra (PMDB-ES), Colbert Martins (PMDB-BA), Edmilson Valentim (PCdoB-RJ), Paulo Teixeira (PT-SP), Jorginho Maluly (DEM-SP), Maria Helena (PSB-RR), Fábio Ramalho (PV-MG), Luciano Pizzatto (DEM-PR), Fernando Chucre (PSDB-SP) e Vinicius Carvalho (Pt do B-RJ).

Mais conteúdo sobre:
Antártida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.