Temperatura em 2001 foi a segunda maior desde 1860

A temperatura média em 2001 foi a segunda maior registrada no mundo desde 1860. A constatação foi divulgada pela Organização Meteorológica Mundial (OMM), que alerta que a temperatura neste ano foi 0,42 graus Celsius acima da média registrada entre 1960 e 1990. "Apenas o ano de 1998 foi mais quente que o de 2001", afirma um especialista da OMM. Desde 1900, a temperatura mundial subiu 0,6 graus Celsius, e desde 1976 a temperatura vem crescendo três vezes mais rápido que na primeira metade do século XX. "De fato, nove dos dez anos mais quentes já registrados no mundo ocorreram na década de 90. Não há dúvidas que há um aquecimento global", diz o especialista. Um dos fatores que explica a elevação da temperatura neste ano foi o fim do La Niña, que possibilitou um clima mais quente no Oceano Pacífico. Mas a OMM alerta que a ação do homem sobre o meio ambiente é o principal elemento para a elevação das temperaturas registradas em 2001.AnomaliasOs efeitos das mudanças foram significativos e, em várias regiões do planeta, os prejuízos foram substanciais. Segundo a OMM, as anomalias climáticas aumentaram no planeta em 2001, entre elas a seca prolongada no Brasil, que está gerando problemas para o abastecimento de energia no País. Outra anomalia foi a passagem de 15 tempestades e três furacões pelo Golfo do México em apenas um ano. Apesar do aumento médio geral da temperatura, em algumas regiões o frio foi mais intenso que em invernos anteriores. Na Sibéria, por exemplo, por duas semanas consecutivas os termômetros marcaram 60 graus negativos. Já no Canadá e no Alasca as temperaturas foram acima da média. Na Inglaterra, o mês de outubro foi o que apresentou temperaturas mais elevadas nos últimos 343 anos. Para especialistas, o aumento no número de situações extremas no planeta preocupa, já que seria cada vez mais difícil prever o comportamento climático e, portanto, políticas para evitar prejuízos. Outro temor é de que as correntes marítimas comecem a se modificar, afetando a temperatura de vários continentes ao mesmo tempo. Segundo os registros da OMM, a temperatura mais baixa já registrada no mundo foi de 89,2 graus negativos, na Antártica, em 1983. Já a temperatura mais elevada foi verificada na Líbia: 60 graus Celsius.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.