Temer se diz favorável à criação de estatal de seguros

O presidente da Câmara dos Deputados e candidato a vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), manifestou-se a favor do iminente envio ao Congresso de medida provisória (MP) que cria uma nova estatal no ramo de seguros. O candidato na chapa da petista Dilma Rousseff afirmou que "quanto mais você descentraliza a atividade administrativa, melhores frutos você produz". Ele se disse favorável à iniciativa de que um setor administrativo, desvinculado da administração direta, possa gerir um assunto importante como o ramo de seguros.

ANDREA JUBÉ VIANNA, Agência Estado

13 Julho 2010 | 14h06

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo revelou hoje que o Ministério da Fazenda já enviou para a Casa Civil o texto da MP que cria a Empresa Brasileira de Seguros (EBS). A ideia é de que a estatal tenha papel fundamental na concessão de garantias para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC); do Minha Casa, Minha Vida; da Copa do Mundo; da Olimpíada e da exploração do petróleo do pré-sal. Se criada, a EBS será a 12ª estatal em operação no País.

A criação de seguro estatal para grandes obras é uma demanda das grandes empresas do setor de construção civil, embora o governo enfrente resistências de parte das seguradoras da esfera privada. A EBS deverá começar com recursos de R$ 18 bilhões e terá como principal atribuição administrar o risco dos fundos garantidores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.