Temer reitera confiança do governo no ministro Palocci

De acordo com vice-presidente, se houver esclarecimentos a fazer, Palocci os prestará

Daiene Cardoso, da Agência Estado,

20 de maio de 2011 | 13h46

SÃO PAULO - O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), voltou a declarar a confiança do governo federal no ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, independentemente das novas revelações sobre a sua evolução patrimonial. "Nós confiamos no Palocci e eu continuo com a mesma disposição de confiança absoluta no ministro", disse nesta sexta-feira, 20, o vice-presidente, pouco antes de proferir palestra no Instituto dos Advogados de São Paulo, no Jóquei Clube de São Paulo.

   

Veja Também:

linkProcuradoria dá 15 dias para Palocci se explicar

linkOposição se une por CPI e quer investigar campanha de Dilma

linkEmpresa com negócios com governo contratou consultoria, diz jornal

linkPressionado, Palocci revela movimentação financeira após eleição

especialESPECIAL: Os altos e baixos de Antonio Palocci

De acordo com Temer, se houver esclarecimentos a fazer, Palocci os prestará. "Nós confiamos nos esclarecimentos que ele venha a dar", reiterou o vice-presidente. Temer evitou falar numa eventual campanha de desestabilização do governo federal, no caso envolvendo o ministro da Casa Civil. "Se é uma campanha ou não, não sei dizer."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.