Wilson Dias/Agência Brasil
Wilson Dias/Agência Brasil

Temer recebe trabalhador de 96 anos no Palácio do Planalto

Walter Orthmann trabalha há 80 anos na mesma empresa em Santa Catarina

Tânia Monteiro e Renan Truffi, O Estado de S.Paulo

02 Maio 2018 | 22h21

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer recebeu em seu gabinete Walter Orthmann, que tem 96 anos e ainda trabalha na indústria Renaux View SA, em Santa Catarina, onde começou há 80 anos atrás. "Não existe segredo. Nós precisamos cuidar da nossa saúde, ter uma boa dose de disciplina e gostar do que a gente faz", ensinou ele, após se reunir com o presidente Temer, em seu gabinete.

+ Temer diz que 'certamente será necessário' liberar recurso para SP após desabamento

Depois de muitas críticas, Temer teve de abandonar, pelo menos provisoriamente, a reforma da Previdência que aumentava a idade para aposentadoria dos brasileiros. Na conversa, Orthmann contou que se aposentou há 40 anos, em 1978, quando tinha 56 anos, mas continuou trabalhando.

"Estou há 40 anos aposentado e 40 anos sem aposentadoria", comentou ele, que hoje dá apoio aos representantes da empresa e continua atendendo antigos clientes, em uma rotina que começa às 8 da manhã, segue até ao meio dia, retoma às 13 horas e segue até às 17 horas, quando encerra o expediente.

+ 'Não me incomodei minimamente', diz Temer sobre hostilidade no local do desabamento

"Penso que amanhã é mais um dia que você acorda e vai viver. O futuro é agora", resumiu ele, após elogiar a gentileza do presidente Temer em recebê-lo. Os 80 anos de trabalho em uma mesma empresa renderam a Walter um registro no Guiness Book. 

Mais conteúdo sobre:
Michel Temer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.