Temer recebe apoio formal de senador mineiro

O deputado Michel Temer (SP) recebeu hoje formalmente o apoio do senador José Alencar (MG) à sua candidatura à presidência do PMDB. O senador, que está rompido com o governador de Minas Gerais, Itamar Franco, estima que dois terços dos 75 votos de Minas na convenção nacional do PMDB, que se reunirá em 9 de setembro para escolher o novo comando do partido por dois anos, deverão ser transferidos para a chapa comandada por Temer. O grupo de Itamar está apoiando o nome do senador Maguito Vilela (GO), que já ocupa a presidência do PMDB interinamente. Da cerimônia de adesão de Alencar à chapa de Temer participaram também o governador do Distrito Federal, Joaquim Roriz, e os senadores Pedro Simon (RS), Juvêncio da Fonseca (MS) e Nabor Júnior (AC). O governador Itamar Franco está em Brasília e se reuniu hoje com Maguito Vilela para fazer uma avaliação da candidatura do senador e do quadro do PMDB. Amanhã, às 17 horas, Itamar e a ala que apóia Vilela vão reunir-se, também em Brasília. O grupo propõe o rompimento do partido com o governo, uma candidatura própria à presidência da República em 2002 e a escolha, já em setembro, do nome do candidato do partido à presidência. Os partidários de Temer, em contrapartida, não querem a definição desse nome na convenção de setembro e propõem que ela só se realize em 15 de novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.