Temer: PMDB espera anúncio de Lobão como ministro

A expectativa do PMDB é de que amanhã o presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirme o senador Edison Lobão (PMDB-MA) para o cargo de ministro de Minas e Energia. O presidente do partido, deputado Michel Temer (SP), disse hoje que Lula foi receptivo na última quinta-feira quando a cúpula do PMDB, em encontro no Palácio do Planalto, apresentou formalmente a indicação de Lobão para o cargo. Estava presente, inclusive, o senador José Sarney (PMDB-AP), o principal padrinho político de Lobão.Temer afirmou que não acredita em mudanças naquilo que foi conversado com o presidente da República, apesar da incerteza criada hoje pelas declarações de Lula, feitas numa entrevista em Havana (Cuba), quando evitou confirmar se vai oficializar o convite. Em resposta a uma pergunta se Lobão se tornaria ministro amanhã, Lula sorriu e respondeu: "Não. Não. Não. Eu vou ter uma conversa com ele amanhã." E acrescentou que, antes de formalizar o convite, ainda terá "uma discussão" com Lobão.Segundo Temer, Lula, no encontro de quinta-feira, gostou de saber que a bancada do PMDB no Senado havia avalizado em peso a indicação. "Que bom que a bancada apoiou por unanimidade. Então vou chamar Lobão na quarta-feira para conversar", disse Lula, conforme relato do deputado. "O presidente se limitou a dizer isso. Não ficou estabelecido que o convite seria amanhã, mas entendemos que sim, pois ele marcou a conversa. Vamos aguardar amanhã", continuou Temer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.