Wilton Junior|Estadão
Wilton Junior|Estadão

'Temer perdeu a chance de fazer apelo para o futuro', diz Cristovam Buarque

Senador do PPS critica posição do presidente da República de se manter no cargo

Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2017 | 19h39

BRASÍLIA - O senador Cristovam Buarque (PPS-DF), declarou nesta quinta-feira, 18, que o presidente Michel Temer "perdeu a chance de renunciar e fazer um "discurso histórico, com menos retórica e mais gesto".

Com a renúncia, o senador diz que o presidente reconheceria que perdeu a credibilidade e o apoio político. "Temer perdeu a chance de fazer um apelo para o futuro, aos que ocupariam o cargo dele e as direções, e de dizer que perdeu as condições de governar, mesmo que ele ache que não fez nada errado", afirmou.

Buarque, entretanto, considera que Temer errou ao admitir que se reuniu a sós com Joesley Batista, dono da JBS. O presidente também disse que soube apenas durante o encontro sobre os pagamentos feitos pela JBS ao ex-presidente da Câmara e ex-deputado Eduardo Cunha, preso em Curitiba.

"Ele não deveria receber empresário desse tamanho, se recebesse não deveria receber sozinho e se um empresário dissesse que estava dando dinheiro, mesmo que não dissesse 'vá em frente', como parecesse que disse, ele tinha que chamar a PF e mandar prender esse empresário", criticou o parlamentar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.