Temer pede engajamento de senadores na campanha

No almoço realizado na casa do vice-líder do governo no Senado, Gim Argello (PTB-DF), que reuniu 38 senadores da base aliada e 18 ministros, o presidente da Câmara e candidato a vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff (PT), Michel Temer (PMDB), convocou todos a se engajarem na campanha nos Estados. "A campanha da Dilma nos Estados está entregue a vocês", delegou o peemedebista, que foi o único a discursar no evento. Ele justificou a missão observando que a campanha eleitoral não é feita em Brasília, mas da capital federal para os Estados.

ANDREA JUBÉ VIANNA, Agência Estado

03 de agosto de 2010 | 15h17

Ainda durante o almoço, Temer declarou que deseja compartilhar o próximo governo com os senadores presentes. "Quero saudá-los neste momento em que estamos fazendo a partilha do pão, e queremos partilhar com vocês o próximo governo", disse ele, apostando na vitória da chapa PMDB-PT. Na saída, Temer falou aos jornalistas que o almoço mostrou "integração absoluta" entre senadores da base e os ministros, além de viabilizar a troca de informações entre "o governo que está e o governo que chegará".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.