Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Temer passa o dia discutindo reforma com ministros do PMDB

A expectativa inicial é que o anúncio da nova configuração da Esplanada fosse na quarta, mas auxiliares palacianos já trabalham com a possibilidade de ele acontecer somente na quinta

Isadora Peron, O Estado de S. Paulo

28 de setembro de 2015 | 20h23

Brasília - Presidente em exercício, o vice Michel Temer passou o dia recebendo aliados do PMDB em seu gabinete para discutir a reforma ministerial. A presidente Dilma Rousseff vai retomar as negociações com o partido nesta terça-feira, 29, depois que voltar da viagem a Nova York. A expectativa inicial é que o anúncio da nova configuração da Esplanada fosse na quarta, mas auxiliares palacianos já trabalham com a possibilidade de ele acontecer somente na quinta.

Estiveram com Temer os ministros Eliseu Padilha (Aviação Civil), Henrique Eduardo Alves (Turismo) e Kátia Abreu (Agricultura). O prefeito do Rio, Eduardo Paes, também se encontrou com o vice.

Na semana passada, a presidente adiou o anúncio da reforma diante de um impasse com o PMDB. Para contemplar a bancada do partido na Câmara, Dilma juntaria os ministérios da Aviação Civil e dos Portos para criar o Ministério da Infraestrutura, que ficaria sob o comando de um nome indicado pelos deputados peemedebistas.

O arranjo, porém, tiraria da Esplanada Padilha e o ministro Edinho Araújo, dois nomes ligados a Temer. O vice, que inicialmente afirmou que não indicaria nomes para o novo ministério, não gostou de perder espaço no governo e atuou para barrar a negociação. 

Tudo o que sabemos sobre:
Michel Temerreforma ministerial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.