Temer ignora sugestão de Lula e lança candidatura em SP

Apesar da sugestão feita na noite de quinta-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula de que PMDB e PT ainda poderiam fazer uma aliança na campanha pela Prefeitura de São Paulo, o presidente do PMDB, Michel Temer (SP), afirmou hoje que está afastada a possibilidade de um acordo. Neste sábado, na inauguração da nova sede do PMDB, em São Paulo, será feito o lançamento da candidatura de Temer a prefeito da capital. "Lançado o candidato, não há retorno, e eu serei candidato a partir de amanhã", afirmou.No jantar com a cúpula do PMDB, Lula sugeriu que ainda seria possível um entendimento entre os dois partidos na eleição paulistana. Temer, porém, respondeu que o empecilho não é o PMDB e sim o próprio PT, já que a prefeita Marta Suplicy (PT) não quis ceder a um peemedebista a candidatura de vice-prefeito e preferiu lançar uma chapa petista, encabeçada por ela própria e tendo como candidato a vice o secretário do partido, Rui Falcão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.