Temer está reunido com ministros e auxiliares no Planalto

Peemedebista avalia se posicionar em resposta à divulgação de 'compra de silêncio' de Cunha pelo presidente

Carla Araújo e Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2017 | 20h58

BRASÍLIA - Os ministros do Planalto - Casa Civil, Secretaria-Geral da Presidência e da Secretaria de Governo - juntaram-se à reunião do presidente Michel Temer com auxiliares da área de comunicação para averiguar uma possível resposta à divulgação das informações de que o presidente Michel Temer teria dado aval a “compra do silêncio” do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Além de Eliseu Padilha, Moreira Franco e Antonio Imbassahy, estão no gabinete do presidente outros auxiliares e o porta-voz, Alexandre Parola. Segundo fontes, no momento da divulgação da notícia, Temer estava em audiência com governadores do Nordeste. Temer teria ainda nesta quarta-feira, 17, uma agenda com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, mas que não foi realizada, conforme os avisos da assessoria de imprensa do Planalto. Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Joesley Batista gravou Temer dando aval para "compra de silêncio" de Cunha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.