Temer é o nome do PMDB para disputar presidência da Câmara

Decisão foi unânime; deputado diz estar emocionado e ressalta união do PMDB e reflexo nas eleições 2008

Andréia Sadi, do estadao.com.br

08 de outubro de 2008 | 18h06

O PMDB na Câmara dos Deputados lançou o nome do deputado Michel Temer (SP) para disputar a presidência da Câmara, segundo informações da liderança do partido na Câmara. Ao estadao.com.br, a assessoria do deputado Henrique Alves disse que o nome do deputado foi escolhido em uma reunião da bancada, por "aclamação". Sobre os outros dois parlamentares que também cogitavam a candidatura, a assessoria informou que  Rita Camata (ES) discursou, mas não se lançou e Osmar Serraglio (PR) não apareceu.   Temer agradeceu a escolha e disse estar "emocionado" ao final da reunião. Ressaltou ainda a união do partido e o resultado das eleições municipais, que mostram o PMDB na liderança de vitórias. "É a força de todo o partido, ele é um símbolo disso, mas é disse que é um trabalho de todos. Isso pode ser verificado também nas urnas", afirmou sua assessoria.   O deputado pretende dar continuidade ao trabalho do petista Arlindo Chinaglia, que atualmente ocupa o cargo. "Vai trabalhar pelos interesses do País", completou.    Em 2006, um acordo assinado entre os partidos possibilitou a eleição de Chinaglia para a Câmara, e, em troca, o PT devolveria o apoio recebido em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.