Temer diz ser a favor de manter fórmula atual do BC

O vice-presidente Michel Temer (PMDB), vice na chapa da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), disse ser a favor de manter a atual estrutura de independência operacional do Banco Central (BC), mas é contrário à formalização desta autonomia, como sugere a candidata Marina Silva (PSB). Questionado sobre se achava que a propaganda da presidente Dilma na televisão, que associa até a falta de comida para as famílias com a proposta defendida pela ex-ministra, Temer disse que é preciso "ter controle sobre alguns setores da nacionalidade". "Você pode correr o risco de algum determinado grupo tomar o controle", disse, durante a série de Entrevistas Estadão. "Isso pode tomar um caminho que pode prejudicar as políticas sociais", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.