DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Para Temer, nota de partidos aliados revela 'unidade da base'

Presidente da República em exercício comentou a iniciativa de siglas em manifestar seu apoio à presidente Dilma Rousseff

Rafael Moraes Moura e Ricardo Della Coletta, O Estado de S. Paulo

07 de julho de 2015 | 16h20

Brasília - Responsável pela articulação política do Palácio do Planalto, o presidente da República em exercício, Michel Temer (PMDB), disse nesta terça-feira, 7, que a divulgação de uma nota de apoio ao governo, assinada por presidentes de partidos e líderes da base, serve para "revelar a unidade da base". 

"Muitas vezes aparece uma ou outra informação, segundo a qual o partido tal está descontente, o partido tal está descontente, o que eles (presidentes de partidos e líderes) decidiram foi exatamente revelar essa unidade. Para revelar a unidade, resolveram escrever. Foi isso que eles fizeram", disse Temer, em uma rápida conversa com jornalistas ao deixar o gabinete.

Em nota, os líderes e dirigentes partidários "manifestam o seu apoio à Presidenta e ao Vice-Presidente da República" e "reafirmam seu profundo respeito à Constituição Federal e seu inarredável compromisso com a vontade popular expressa nas urnas e com a legalidade democrática".

O documento foi referendado por representantes do PT, PMDB, PDT, PROS, PRB, PCdoB, PR e PSD, um dia depois de a presidente Dilma Rousseff convocar o conselho político para uma reunião no Palácio da Alvorada na qual o governo saiu em defesa das "pedaladas fiscais".

Tudo o que sabemos sobre:
Michel Temerbase aliadaPMDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.