GABRIELA BILO / ESTADAO
GABRIELA BILO / ESTADAO

Temer deixou Jaburu para almoçar com Sarney, dizem fontes

Apesar de ter sido um dos primeiros na legenda a endossar o governo Lula, o ex-presidente se posicionou nos bastidores a favor do afastamento da presidente Dilma Rousseff

Ricardo Brito, O Estado de S. Paulo

11 de maio de 2016 | 14h54

O vice-presidente Michel Temer deixou o Palácio do Jaburu por volta das 12h35 para almoçar com o ex-presidente e ex-senador José Sarney, conforme apurou o Broadcast. O vice ficou uma hora fora do Jaburu. A suspeita inicial era de que Temer havia se reunido com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), mas a assessoria do peemedebista negou que o encontro tivesse ocorrido.

Sarney é do grupo, dentro do PMDB, ligado a Renan, que historicamente tem sido desafeto de Temer no partido. Contudo, o ex-presidente - um dos primeiros na legenda a endossar ainda o governo Lula - se posicionou nos bastidores a favor do afastamento da presidente Dilma Rousseff, em discussão hoje no Senado.

O deputado Sarney Filho (PV-MA), filho do ex-presidente e ex-senador, deve assumir o Ministério do Meio Ambiente no eventual governo Temer. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.