Temer defende PEC que aumenta número de deputados

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), defendeu nesta tarde a proposta de emenda à Constituição aprovada no Senado que autoriza os brasileiros residentes no exterior a votarem em deputados, o que aumentaria o número de parlamentares na Câmara. A emenda foi aprovada ontem no Senado, em primeiro turno. Depois da segunda votação, será apreciada pelos deputados.

LUCIANA NUNES LEAL, Agencia Estado

02 de abril de 2009 | 18h04

Temer considerou a emenda "razoável" e "útil", desde que o aumento no número de deputados "seja mínimo". "Estes deputados estariam mais vinculados com os brasileiros que estão fora do País. Suponho que seja um número mínimo, de mais dois ou três deputados. Se for assim, não creio que seja oneroso para os cofres públicos", afirmou o presidente. O número de novos deputados deverá ser definido em projeto de lei complementar.

Tudo o que sabemos sobre:
Câmaradeputadosemigrantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.