Temer decreta luto oficial por morte de dois deputados

Herrmann, do PDT, foi encontrado morto na piscina no domingo; Carlos Wilson, do PT, morreu vítima de câncer

ROSANA DE CASSIA, Agencia Estado

13 de abril de 2009 | 09h28

As atividades do plenário da Câmara estão suspensas nesta segunda-feira, 13, em razão da morte de dois parlamentares neste fim de semana. O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), decretou luto oficial pela morte dos deputados Carlos Wilson (PT-PE) e João Herrmann Neto (PDT-SP). O corpo de Carlos Wilson, que morreu no sábado, foi enterrado no domingo no cemitério Morada da Paz, em Paulista, na região metropolitana do Recife. Ele tinha 59 anos e estava internado desde o dia 3 de março, para tratamento de um câncer no intestino. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acompanhou o velório.

 

Veja também:

linkDeputado João Herrmann é encontrado morto em piscina em SP

link'Língua afiada', Chiarelli assumirá vaga de Herrmann na Câmara

linkDeputado petista, Carlos Wilson morre vítima de câncer

O deputado João Hermann morreu na madrugada de domingo, vítima de choque térmico e edema pulmonar agudo, segundo laudo do Instituto Médico Legal. Herrmann foi encontrado morto de madrugada na piscina de sua fazenda em Presidente Alves, pela mulher, Jussara. Ele teria usado a sauna e mergulhado em seguida na piscina. O parlamentar tinha 63 anos. O corpo está sendo velado na prefeitura de Campinas e será enterrado ainda na manhã de hoje. O presidente Lula e Temer estiveram ontem no velório.

Tudo o que sabemos sobre:
CâmaralutoCarlos WilsonJoão Hermann

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.