Temer decide data de eleição amanhã

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), disse que a questão de ordem sobre o adiamento para a eleição da presidência da Câmara será respondida na sessão de amanhã. Ele adiantou que, se for interposto recurso com efeito suspensivo, a decisão caberá ao plenário, e a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) terá que decidir sobre o adiamento antes da eleição, marcada para quarta-feira. Temer disse, ainda, que deverá definir também as regras da eleição até amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.