Temer assiste à sessão do TSE com tucano, Maia e ministros

Presidente está acompanhado dos ministros Imbassahy, Moreira Franco e Padilha e de Maia, presidente da Câmara

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2017 | 20h49

BRASÍLIA - Depois de decidir cancelar a participação na inauguração da nova sede do Conselho Nacional do Serviço Social da Industria (Sesi), em Brasília, o presidente Michel Temer abriu seu gabinete para receber ministros e parlamentares, como o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para acompanhar, pela TV, a sessão de julgamento do TSE, que poderá tirá-lo do Palácio do Planalto.

Além do presidente da Câmara, os ministros Gilberto Kassab, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e Antonio Imbassahy, da Secretaria de Governo, também foram acompanhar o início da sessão do TSE com Temer, que recebeu ainda os deputados Evandro Rogério Roman (PSD-PR), Mauro Pereira (PMDB-RS), Beto Mansur (PRB-SP) e Arthur Maia (PPS-BA), relator da Previdência. Estes últimos parlamentares, no entanto, não permaneceram no Planalto e Temer continuou vendo a sessão ao lado de Maia e Imbassahy, além dos ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil). Temer não tem previsão de saída do Palácio. Pouco antes, o presidente recebeu o líder do PR, senador Wellington Fagundes (PR/MT), o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), primeiro vice-presidente da Câmara do Deputados, e  Paulo Ziulkoski, presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.