Dida Sampaio / AE 16.08.2011
Dida Sampaio / AE 16.08.2011

Temer articula para apaziguar partidos da base

Segundo líder do governo, encontro no Palácio do Jaburu reunirá deputados, senadores e a presidente

Rosa Costa, de Agência Estado,

22 de agosto de 2011 | 19h01

Para apaziguar os ânimos da base aliada do governo , o vice-presidente da República, Michel Temer, reunirá nesta terça-feira, 23, no Palácio do Jaburu, deputados, senadores e ministros peemedebistas com a presidente Dilma Rousseff. Segundo o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), as bancadas do partido na Câmara e no Senado não estão insatisfeitas com a maneira de a presidente Dilma conduzir o governo e esse jantar é uma prova do bom convívio. 

"Será para conversar política e confraternizar", afirmou. "O PMDB é governo, está na base e como é um partido importante, precisa estar próximo do governo", disse. Em vez de haver uma rebelião em curso, como apontam alguns deputados, Jucá acredita que a insatisfação seria pontual e que não passaria de uma "questão interna" do partido.

"O partido está unido e unido com o governo e tem uma relação amistosa com o PT", adiantou o líder, antes mesmo de ser questionado sobre o relação com o partido da presidente Dilma. "Pode existir alguma voz reclamando, mas é uma questão interna, temos um momento positivo para o PMDB e o governo".

Tudo o que sabemos sobre:
crisebase aliadaPMDBDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.