Temer afirma que Palocci prestará esclarecimentos sobre patrimônio

Vice-presidente da República disse que regras mais duras para conflitos de interesse de agentes públicos já foram e estão sendo tomadas

Suzana Inhesta, da Agência Estado,

22 de maio de 2011 | 12h05

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), voltou neste domingo, 22, a defender o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. "Nós confiamos muito no ministro e ele vai prestar todos os esclarecimentos possíveis. Não tenho dúvida da lisura do Palocci", disse Temer ao chegar à convenção estadual do Partido Progressista (PP), que acontece na Assembleia Legislativa de São Paulo.

 

Sobre a criação de regras mais duras para estabelecer limites nos conflitos de interesses de agentes públicos, Temer afirmou que as medidas já estão sendo e foram tomadas. "Até tentei, enquanto presidente da Câmara, regulamentar a questão do lobby, para deixar as regras mais claras", lembrou.

 

Sobre a presença na convenção do PP, Temer disse que o partido é um aliado na área nacional, que ajudou Dilma Rousseff nas eleições do ano passado e que tem colaborado sempre para o governo. Sobre eventuais coligações com o PP em 2012, visando as eleições municipais, o vice-presidente disse que, se o partido "estiver unido conosco, podemos nos aliar."

 

Temer também afirmou estar confiante que o texto do Código Florestal seja votado nesta semana em Brasília.

Mais conteúdo sobre:
PalocciTemerpatrimônio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.