Telefones de assentamentos no interior de SP são cortados

A Telefônica desligou os ´orelhões´ que estavam num assentamento do Incra em Promissão, região de Bauru, no interior de São Paulo, deixando cerca de 600 famílias sem comunicação. Segundo o Incra, o assentamento que abriga os sem-terra é o maior do Estado de São Paulo. A área tem 17 mil hectares. O lugar é dividido em 10 pequenas vilas e cada uma tinha um ´orelhão´. Os aparelhos foram retirados há um mês, segundo a empresa, por falta de uso. De acordo com os técnicos, os telefones foram desligados porque estavam clonados. A assessoria de imprensa da Telefônica declarou que está verificando fraudes, mas não informou quando o serviço será restabelecido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.