Telecom Italia processa Kroll e Brasil Telecom

A Telecom Itália entrou ontem, no Tribunal de Justiça do Rio, com uma ação criminal contra os presidentes da Kroll Inc., Michael Cherkasky, e da Brasil Telecom, Carla Cico. Segundo a companhia, a ação foi motivada pelas "notas caluniosas" que a Brasil Telecom e a Kroll publicaram em jornais. A empresa italiana é sócia minoritária da Brasil Telecom, controlada pelo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas.A Brasil Telecom contratou a Kroll para investigar a Telecom Itália. Desde 2000, o Opportunity briga com os italianos e os fundos de pensão pelo controle da Brasil Telecom. Existem mais de 50 ações movidas pelas três partes. A Brasil Telecom publicou, sábado, comunicado no qual acusa a Telecom Itália de ter "longa história internacional de corrupção e envolvimento com atos ilícitos". A operadora afirma que "a Telecom Itália está tentando estabelecer uma celeuma acerca de uma investigação lícita para acobertar suas práticas ilícitas". DefesasPor meio de sua Assessoria, a presidente da Brasil Telecom, Carla Cico, afirmou que não sabia do processo, mas não está preocupada. "Os comunicados da Brasil Telecom foram baseados em argumentos sólidos. Tenho como me defender." A Kroll também havia divulgado nota na qual dizia ter apurado "práticas irregulares na condução dos negócios da Telecom Itália". A empresa preferiu não comentar o processo movido pelos italianos, pois ainda não havia sido notificada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.