Técnicos são surpreendidos por FHC retirar multas

Os técnicos dos Ministérios de Minas e Energia, Fazenda e Desenvolvimento que estão trabalhando para fechar os detalhes do plano de racionamento de energia foram apanhados de surpresa pelo anúncio, feito pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, de substituir a idéia de multar os consumidores que não reduzirem seu consumo de energia por incentivos, pela redução de tarifas.O secretário-executivo do Ministério do Desenvlvimento, Beijamim Sicsu, disse na noite desta segunda-feira, ao sair de mais uma reunião no Minas e Energia, que estava se dirigindo ao Ministério do Desenvolvimento para assistir ao pronunciamento de Fernando Henrique "e ver o que o presidente falou".Segundo Sicsu, todas as opções estavam sendo consideradas. "Nós fazemos os estudos técnicos para que as decisões políticas possam ser tomadas", disse o secretário. Segundo ele, o Brasil vai tomar uma série de medidas para amenizar a crise energética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.