Técnicos da Receita ameaçam parar nesta quarta-feira

Técnicos da Receita Federal pretendem entrar em greve nesta quarta-feira. "Nós estamos querendo o retorno das equipes nacionais de fiscalização, a criação de uma equipe de combate ao contrabando, a intensificação na zona secundária, de forma que o país volte a ter justiça social por meio da justiça fiscal", justifica o presidente do Sindicato Nacional dos Técnicos da Refeita Federal (Sindireceita), Reynaldo Puggi, como o motivo da paralisação.Puggi informou que dentro da pauta de reivindicações também está um pedido de aumento no investimento na área de tecnologia de informação. "A malha tem tido diversas dificuldades devido a falta de investimentos, ou a investimentos equivocados. O trabalho em malha hoje está muito lento, não está pegando sonegador. Em muitos casos a Receita está liberando a declaração de contribuinte que cometeu fraude, isso é um tipo da coisa que não podemos aceitar mais", denunciou ele.De acordo com informações da Agência Brasil, outra reivindicação da categoria diz respeito à baixa remuneração. Segundo Puggi, nos últimos 10 anos, apesar dos últimos concursos, mais de 4 mil funcionários abandonaram o serviço na Receita motivada por baixos salários. "Há outras áreas muito mais atrativas, onde a carga de trabalho é menor e a remuneração melhor". Como exemplo, ele cita a Polícia Rodoviária Federal que tem salário inicial é de R$ 3,7 mil enquanto o Técnico recebe R$ 2,4 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.