Tebet faz apelo para garantir quórum na quarta-feira

O presidente do Senado, Ramez Tebet (PMDB-MS), fez hoje um apelo aos parlamentares para estarem em Brasília na próxima semana durante a autoconvocação do Congresso. "Seria inaceitável deixar de votar o Orçamento por falta de quórum", afirmou o senador. Ele acertou esta manhã com o presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG), a prorrogação dos trabalhos do Congresso com o objetivo de concluir a votação dos destaques na Comissão Mista, a partir do dia 26, e do relatório final no plenário, até o dia 7 de janeiro. "O País inteiro espera a votação do Orçamento, principalmente agora com a vigência da Lei de Responsabilidade Fiscal e a crise na Argentina", observou o senador, acrescentando que antes de embarcar para Campo Grande deixou pronto o ato prorrogando a autoconvocação. Por telefone, ele está fazendo contatos com os líderes partidários, pedindo que mobilizem as bancadas. "Estou otimista e acho que é um dever dos parlamentares. Eles não vão faltar com essa obrigação", destacou o senador, para quem as divergências em torno da discussão do Orçamento fazem parte da disputa parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.