Tebet diz que formato do depoimento de ACM funcionou

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado, Ramez Tebet (PMDB-MT), disse nesta quinta-feira à noite, logoapós o término do depoimento do senador Antonio Carlos Magalhães (FL-BA), que a liberalidade de permitir o debate entre inquiridores e depoente, por ele admitida na sessão desta quinta-feira, não prejudicou o depoimento de ACM. "Como vou impedir que hajadebate entre os senadores?", questionou. "Tenho que respeitar os princípios democráticos. Cada um perguntou o que quis, e eletambém respondeu o que quis."Foi o senador Ney Suassuna (PMDB-PB) que, ao inquirir ACM, sugeriu que a inquirição fosse nabase da pergunta e resposta imediatas, o que foi foi aceito por Tebet.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.