TCU suspende licitação de R$ 2,2 milhões do Incra

O Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu, por medida cautelar, pregão eletrônico realizado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para a compra de 482 impressoras, no valor total de R$ 2,2 milhões. A medida foi adotada em razão de representação da empresa Microsens, participante do pregão.Conforme a análise do TCU, a licitação desqualificou outras empresas baseada em critérios que restringiram a competição e contrários à orientação do tribunal. Para o ministro-relator Augusto Sherman, os indícios de falha configuram razões suficientes para não prosseguir com o edital e anular qualquer contratação realizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.