Adnré DUsek/Estadão e Marcos Oliveira/Agência Senado
Adnré DUsek/Estadão e Marcos Oliveira/Agência Senado

Vaga no TCU: conheça os senadores que disputam o cargo

Em seus currículos, os candidatos possuem experiência na vida pública para além do Parlamento: Kátia Abreu e Fernando Bezerra já foram ministros do governo Dilma Rousseff, Antonio Anastasia já governou Minas Gerais

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2021 | 08h12
Atualizado 14 de dezembro de 2021 | 12h00

O Senado Federal define hoje quem será o novo ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Disputam a vaga os senadores Antônio Anastasia (PSD-MG), Kátia Abreu (Progressistas-TO) e Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Em seus currículos, os candidatos possuem experiência na vida pública para além do Parlamento. Anastasia já foi governador; Kátia e Bezerra, ministros do governo Dilma Rousseff.

Os três parlamentares passarão por uma sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Depois, seus nomes serão analisados pelo plenário. A comissão já definiu os relatores das três indicações. A candidatura de Anastasia será relatada por Cid Gomes (PDT-CE); o parecer da indicação de Kátia Abreu ficará sob a responsabilidade de Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) e o de Bezerra, com Eduardo Gomes (MDB-TO).

Veja quem são os candidatos para a vaga no TCU.

Antônio Anastasia 

Foi governador de Minas Gerais de 2010 a 2014, tendo vencido as eleições para o cargo no primeiro turno. Em março de 2014, deixou o posto para se dedicar às eleições daquele ano, nas quais apoiou a candidatura de Aécio Neves para a Presidência da República. Em outubro do mesmo ano, foi eleito senador. Na Casa Legislativa, Anatasia integrou a Comissão Especial do Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Reeleito em 2018, o senador está em seu segundo mandato e deve ocupar cadeira no Senado até 2023. 

Katia Abreu

Formada em Psicologia pela Universidade Católica de Goiás, a senadora Kátia Abreu se destacou mesmo no ramo da agropecuária, sobre o qual possui atuação reconhecida no Congresso. Foi ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento durante o segundo mandato da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), tendo sido destituída do cargo quando a petista sofreu impeachment, em 2016. Antes, como deputada federal por Tocantins, foi a primeira mulher a presidir a bancada ruralista no Congresso. 

Kátia Abreu foi deputada federal por dois mandatos consecutivos a partir de 2000. Em 2007, foi eleita para o Senado, onde ocupa cadeira até hoje. Em 2018, concorreu à vice-presidência da República na chapa de Ciro Gomes (PDT), ficando em terceiro lugar na disputa pelo Planalto. 

Fernando Bezerra

Formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o senador Fernando Bezerra Coelho começou sua carreira política como deputado estadual em Pernambuco em 1983. Ocupou a cadeira até 1992, quando renunciou ao cargo para exercer o posto de prefeito de Petrolina (PE). Comandou o Executivo municipal por três mandatos não-consecutivos. Primeiro, de 1992 até 1996. Depois, de 2000 a 2007. De 2011 a 2013, foi ministro da Integração Nacional no governo Dilma Rousseff. É senador pelo Estado de Pernambuco desde 2015, tendo sido reeleito para exercer o cargo até 2023.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.