TCU quer explicações sobre PetroBrax

O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Humberto Souto, decidiu solicitar informações ao presidente da Petrobrás, Henri Phillipe Reichstul, sobre os gastos que, "segundo os órgãos de imprensa", foram feitos com o início do processo - depois interrompido pelo governo federal - de mudança de nome da estatal para PetroBrax. Humberto Souto observou que, de acordo com o noticiário, "os gastos realizados pelo dirigente da Petrobrás teriam sido da ordem de pouco mais de R$ 1 milhão, cujo resultado desagradou não só à opinião pública em geral, como aos órgãos governamentais, inclusive o Executivo Federal". A informação sobre a decisão de Souto consta do texto "Comunicação da Presidência", enviado por ele aos ministros do tribunal e aos representantes do Ministério Público, e divulgado pela Assessoria de Imprensa do TCU. Souto concluiu o comunicado afirmando que considera "oportuno que o tribunal adote as necessárias medidas com vistas à solicitação de informações do Sr. Presidente da Petrobrás acerca dos fatos denunciados na imprensa, envolvendo a citada mudança da entidade."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.