TCU para pagamento de obra no Recife

O Tribunal de Contas da União identificou sobrepreço de R$ 111 milhões em um dos contratos de construção do sistema de abastecimento de água da região metropolitana de Recife, orçado em R$ 430 milhões. O TCU ordenou a suspensão dos pagamentos para o projeto e intimou o consórcio responsável a responder sobre as possíveis irregularidades. A obra está sendo tocada pela Companhia Pernambucana de Saneamento, com as empresas Queiroz Galvão, Odebrecht e OAS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.