TCU multa dois juízes de São Paulo por nepotismo

O Tribunal de Contas da União (TCU) multou os ex-presidentesdo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo Rubens Tavares Aidar e Floriano Vaz da Silva, em R$ 12 mil e R$ 5 mil,respectivamente, por prática de nepotismo que teria se caracterizado por meio da nomeação de parentes de juízes. Segundo oTCU, Aidar argumentou que a indicação para o cargo de assessor é de livre escolha do magistrado e que até 1993 leis específicassobre o TRT não faziam restrições quanto à nomeação de parentes. De acordo com o TCU, Aidar e Silva têm 15 dias paracomprovar o pagamento das multas. Se isso não ocorrer, já foi autorizada a cobrança judicial, informou o tribunal. O TCU tambémfixou o prazo de 15 dias para que Luciana Maria Franzini, filha da juíza Sônia Maria Franzini, justifique a legalidade e a legitimidadede sua nomeação para o cargo de assessora do juiz Marcelo Freire Gonçalves.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.