TCU inicia fiscalização da operação tapa-buraco

O Tribunal de Contas da União (TCU) começou nesta Quinta-feira os trabalhos de campo da auditoria da operação tapa-buraco, iniciada pelo governo federal no dia 9 de janeiro. Segundo o presidente do TCU, Adylson Motta, 40 equipes de auditores iniciaram a verificação no local das obras em 14 Estados e no Distrito Federal.Na semana passada, Motta já havia anunciado que a força- tarefa para fiscalizar a operação começaria no dia 30 de janeiro. Desde então, os auditores vinham verificando os documentos dos contratos antes de começar a operação de campo. Segundo Motta, a força-tarefa terá prazo de 180 dias, para concluir a fiscalização.Motta reiterou que qualquer irregularidade que for constatada implicará paralisação da obra. Na próxima semana, o número de equipes de auditores em campo já deve subir para 102. Nessas verificações, os técnicos do TCU estarão atentos principalmente ao tipo de material que está sendo utilizado, bem como à quantidade de matéria prima empregada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.