TCU fará auditoria do Fundef

O Tribunal de Contas da União (TCU) anunciou que fará auditoria especial no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério (Fundef), por causa das fraudes em 359 municípios, constatadas pela subcomissão da Comissão de Educação da Câmara. A subcomissão investigou desvios do Fundef em 19 Estados. A devassa do TCU começará pelos municípios da Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco e Piauí. Foi nesses Estados onde a subcomissão da Câmara identificou as maiores irregularidades.Em Araçás, na Bahia, a prefeitura adquiriu um Vectra por R$ 31 mil, com a desculpa de que seria utilizado no transporte escolar. A subcomissão da Câmara descobriu que, em Cícero Dantas, também na Bahia, um professor com 20 anos de carreira ganha R$ 16,10 por mês, enquanto que em Barra (BA) a verba do Fundef era usada para custear festas juninas. Já em Picos, no Piauí, o município pagou por 57.355 livros, que nunca chegaram às escolas, para apenas 4.131 alunos matriculados, uma média de 20 livros por estudante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.