TCU entrega a Renan relatório sobre obras irregulares do PAC

Documento entregue ao presidente do Congresso aponta irregularidades em 29 obras do programa do governo

25 de setembro de 2007 | 17h49

O presidente do Tribunal de Contas da União, Walton Rodrigues, entregou nesta terça-feira, 25,  ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros, o relatório que recomenda a suspensão de 77 obras com indícios de irregularidades graves. De acordo com o TCU, a intenção é fazer com que as obras com indícios de irregularidades graves tenham as verbas bloqueadas no Orçamento do ano que vem. Com isso, a economia para os cofres públicos seria da ordem de R$ 1 bilhão, enquanto o total dos contratos seria de R$ 5 bilhões. O relatório contém o resultado da inspeção feita em 231 obras. Além das 77 que tiveram a suspensão recomendada, 101 também apresentaram irregularidades, mas o TCU não recomendou a suspensão. No dia seguinte à divulgação do relatório pelo TCU, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, se disse surpresa com o resultado da inspeção e afirmou que o governo responderá aos questionamentos dos técnicos.

Mais conteúdo sobre:
TCUPAC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.