TCU condena ex-prefeito de Sete Barras-SP

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou Jonas Braz de Oliveira, ex-prefeito de Sete Barras, no interior de São Paulo, a pagar R$ 248.415,66 pela não-aprovação da prestação de contas de convênio firmado com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O convênio tinha por objetivo a construção de 200 casas. O ex-prefeito terá 15 dias para comprovar o recolhimento da dívida aos cofres do Tesouro Nacional. A cobrança judicial foi autorizada. Cabe recurso da decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.