Tatto pede 'bom senso' e defende apoio do PSDB em BH

Integrante do Diretório Nacional do PT, o deputado federal Jilmar Tatto (SP) pediu hoje ao partido que tenha "bom senso" ao aprovar a política de alianças para as eleições municipais de outubro. Logo que chegou à reunião do Diretório Nacional, Tatto defendeu a parceria entre seu partido e o PSDB nas eleições para a Prefeitura de Belo Horizonte."Temos aproximadamente 500 municípios onde o PSDB e DEM estão nos apoiando. O que vamos fazer? Vamos recusar apoio e arrebentar o PT no Brasil inteiro?", indagou. Tatto lembrou que na campanha presidencial de 1989, o então candidato Lula recusou apoio de Ulysses Guimarães e Fernando Collor acabou ganhando a eleição. A reunião do Diretório Nacional, que pode prosseguir até amanhã, discute as alianças do partido nas eleições municipais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.