Tasso vê participação de Lula na quebra de sigilo do caseiro

O presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), acusou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de ter participação na violação do sigilo bancário do caseiro Francenildo Santos Costa. "Eu chego ao presidente, que é o responsável por tudo isso", declarou Tasso, em aparte a um discurso do senador Antero Paes de Barros (PSDB-MS). O presidente do PSDB afirmou que há "uma trama no governo e no Senado para desmoralizar a democracia". Ele citou como partes dessa trama dois fatos: a violação do sigilo do caseiro e a tentativa do governo de anular a votação do relatório final da CPI Mista dos Correios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.