Tasso vai ?explicar? reunião a Serra

O governador do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB), disse, nesta terça-feira à tarde, ao deixar o prédio do Ministério das Comunicações, que poderá conversar ainda nesta terça com o ministro da Saúde, José Serra, para lhe apresentar pessoalmente esclarecimentos sobre os motivos que o levaram a reunir-se nesta terça, na capital federal, com os governadores Jarbas Vasconcellos (PSDB-PE) e Roseana Sarney (PFL-MA) para tratarem da sucessão do presidente Fernando Henrique Cardoso."Ele (Serra) deveria estar irritado por causa do pó branco", disse Tasso, ao sair de encontro com o ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga (PSDB).A expressão "pó branco" foi usada por Tasso em referência ao fato de o ministro da Saúde ter se ocupado da questão dos exames do pó encontrado no último domingo em um vôo da Lufthansa para o Rio de Janeiro.Tasso almoçou no último domingo com Serra, em Belém do Pará. Sobre a reunião desta terça dos três governadores, em Brasília, o ministro disse que foi importante para deixar claro que os três não vão disputar entre si a sucessão presidencial.Tasso afirmou que não tem a pretensão de ser cabeça-de-chapa na sucessão presidencial. Afirmou que abriria mão disso em qualquer circunstância, inclusive em favor de Serra, desde que este signifique o consenso maior.A uma pergunta sobre se convidaria Serra para uma próxima reunião, Tasso respondeu: "Eu convido ele sempre. Se tiver vaga na sua agenda, eu converso com ele ainda hoje".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.