Tasso põe limite para Serra decolar nas pesquisas

O governador do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB), disse hoje, durante palestra a investidores e analistas promovida pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, que está preocupado com a possibilidade de o pré-candidato do PSDB, José Serra, não decolar nas pesquisas de opinião pública. "Não quero nem pensar na possibilidade de o Serra não decolar. Vai ser uma dor de cabeça", disse. Segundo ele, o limite para que isso ocorra será o lançamento das convenções dos partidos, que no caso do PSDB, ainda sem data marcada, deverá ocorrer entre março e abril. "Vai haver um limite legal, o limite do lançamento das convenções dos partidos. Até chegarmos às convenções partidárias, temos que ter isso definido", disse o governador, respondendo a pergunta sobre o que o partido deverá fazer caso a candidatura Serra não decole nas pesquisas. Jereissati disse que, por conta disso, o governo não pode abrir mão de formar alianças. "Se tivermos capacidade de manter a aliança, principalmente com o PFL, é impossível perder as eleições. É importante um esforço no sentido de criar as alianças. Se elas não forem possíveis, pelo menos fizemos um esforço", afirmou. Jereissati inclui o PMDB na importância estratégica na aliança para o candidato governista. "É importante que todos os candidatos abram mão de seus projetos pessoais em detrimento de um projeto maior, que nós acreditamos que foi bom e está sendo bom para o Brasil", disse. "Se mantivermos essa aliança (governista), ganharemos as eleições", afirmou. Indagado se Serra rejeita uma aliança com o PFL, Jereissati disse achar que não é o caso. "Mas eu acho que tem que ser desenvolvida (a aliança) por ele, por todo os candidatos, pelas direções partidárias, no esforço de se encontrar um denominador comum", afirmou. O governador disse que depois que Serra deixar o Ministério da Saúde para fazer campanha, vai ficar mais clara a trajetória para as pesquisas de opinião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.