Tasso pode desistir de candidatura à presidência

O governador do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB), deve anunciar nas próximas horas que desistirá da candidatura à Presidência da República pelo PSDB para que o concorrente mais próximo no partido, o ministro da Saúde, José Serra, possa se viabilizar e tentar aumentar o desempenho nas pesquisas de opinião pública.Segundo uma fonte do partido, o governador tomou a decisão ao perceber que lutava internamente com um adversário muito mais forte do que ele em termos de estrutura política, de comunicação pessoal e de penetração na mídia. "Se o ministro Serra se viabilizar como candidato, Tasso o apoiará", disse a fonte. No entanto, se o ministro "continuar a apresentar uma perfomance baixa nas pesquisas, em penúltimo lugar, na frente somente de Enéas, do Prona", Tasso considera que o PSDB terá que procurar outro candidato. Nesse caso, disse a fonte, Tasso pensará em reapresentar o seu nome. "Trata-se de uma estratégia e não de uma desistência definitiva", afirmou a fonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.