Tasso apresenta medidas para enfrentar crise no Senado

Entre as medidas está a demissão imediata do atual diretor-geral do Senado e de toda a diretoria da Casa

Christiane Samarco, de O Estado de S.Paulo,

17 de junho de 2009 | 16h56

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) apresentou nesta quarta-feira, 17, no plenário do Senado, um conjunto de oito sugestões para o enfrentamento da crise por que passa a instituição.

 

Veja também:

 som ÁUDIO: Íntegra do discurso de Sarney

documento Leia a íntegra da defesa do presidente do Senado

forum ENQUETE: Sarney tem razão? A crise é do Senado?

mais imagens GALERIA DE FOTOS: Sarney discursa no Senado

lista O ESTADO DE S. PAULO: Senado acumula mais de 300 atos secretos

especialEntenda o escândalo dos cargos e benesses do Senado

 

Entre as oito medidas está a demissão imediata do atual diretor-geral do Senado, Alexandre Gazineo, e de toda a diretoria da Casa. Também pede a indicação, em uma semana, do novo diretor que deverá ser sabatinado pelos senadores. Tasso apresenta um plano para a reestruturação administrativa da casa.

 

Essas medidas foram discutidas em reunião de nove senadores que se intitulam independentes, realizada no gabinete do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE).

Tudo o que sabemos sobre:
Tasso JereissatiSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.