Tarso será convidado a explicar caso dos boxeadores cubanos

Durante os Jogos Pan-Americanos, no Rio, dois atletas desertaram da delegação de seu país

ROSA COSTA, Agencia Estado

09 de agosto de 2007 | 12h34

A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou nesta quinta-feira, 9,  convite ao ministro da Justiça, Tarso Genro, para explicar os motivos da "localização, captura e rápida deportação" dos dois atletas cubanos que desertaram da delegação de seu país, durante os Jogos Pan-Americanos, no Rio de Janeiro.Autor do requerimento de convocação, o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) pede a convocação, além de Tarso, do ministro das Relações Exteriores Celso Amorim. Mas o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), informou que Virgílio vai receber hoje o ministro interino das Relações Exteriores, Samuel Pinheiro Guimarães.Como Virgílio não estava presente, a comissão resolveu aguardar a audiência, antes de votar o requerimento para a convocação de Amorim. A pedido de Suplicy a convocação de Tarso Genro para a audiência pública foi transformada em convite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.