Tarso Genro deixa Ministério da Justiça no dia 10 de fevereiro

Estão cotados para substituí-lo o secretário-executivo, Luiz Paulo Teles e o deputado José Eduardo Cardozo

estadao.com.br,

02 de fevereiro de 2010 | 13h30

O ministro da Justiça, Tarso Genro (PT-RS) confirmou no início da tarde desta terça-feira, 2, que vai deixar a pasta no dia 10 de fevereiro para iniciar campanha ao governo do Rio Grande do Sul. De acordo com o ministro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda não definiu quem será seu substituto. Entre os cotados para substituí-lo estão o secretário-executivo da pasta, Luiz Paulo Barreto Teles, e o deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP).

Mais conteúdo sobre:
tarsorseleicoes2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.