Tarso e Berzoini reúnem-se com Quércia em São Paulo

O PT e o governo federal deram mais um passo em seus esforços para tentar manter o PMDB no palanque do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas próximas eleições. Na manhã desta quinta-feira, o ministro de Relações Institucionais, Tarso Genro, e o presidente do partido, deputado federal Ricardo Berzoini, se reuniram com o ex-governador de São Paulo Orestes Quércia, que vem trabalhando por uma candidatura própria no PMDB. O encontro, ocorrido no escritório de Quércia na capital paulista, foi realizado a pedido dos dois petistas.Em nota divulgada no site do PT, Berzoini afirmou que a conversa "foi muito boa" e caracterizou o PMDB como "um parceiro fundamental para as votações que ocorrerão este ano no Congresso". "É importante ter o apoio do Quércia, que é uma liderança do partido", afirmou Berzoini, na nota. Ele também ressaltou que o PMDB "poderá ou não se coligar nacionalmente com o PT", apontando também que o partido poderá ser um parceiro importante em um eventual segundo mandato de Lula. Segundo a nota, Quércia teria dito que o PMDB ainda precisa solucionar a divisão interna para decidir sobre uma coligação nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.